Depoimentos sobre a II Jornada Ciclos da Vida

Parabenizando a equipe do Ciclos da Vida pela realização da II Jornada. O evento foi maravilhoso, desde a organização até a escolha dos temas e dos palestrantes. Espero em breve participar de outro evento pelo Ciclos. (Adriana Vieira do Nascimento Silva, psicóloga)

Participar do evento do Ciclos da Vida incluiu: preparo científico, espiritual (o que pode mudar para melhor nas pessoas que assistirem minha palestra). Foi alegria rever amigos. Foi um marco para mim, que tanto acredito na multidisciplinaridade em saúde: colegas de Medicina, Psicologia, Psicanálise. Despertar os ainda adormecidos para temas como a Psicossomática em crianças e Adolescentes, ampliar o olhar sobre o sofrimento dos que estão em pleno desenvolvimento. O evento engrandeceu meu sábado, fez valer um final de semana produtivo. Parabéns Maria do Carmo Camarotti, mais uma Maria lutando por um mundo melhor. Bjs e sucesso sempre. (Betinha C. Fernandes, médica pediatra-hebiatra e psicoterapeuta de base analítica)

Meu sentimento foi de alegria! A ll Jornada Ciclos da Vida contribuiu muito para que, cada vez mais, a divisão do ser humano em áreas seja somente para sistematizar o conhecimento. Trocar ideias com colegas de diversas áreas reforçou a sensação de que, no cuidado do ser humano, somos todos um! Parabéns aos organizadores! (Regina Mancarei Vaz, psicóloga e psicossomaticista)

Parabéns pelo sucesso da Jornada.  Ano que vem - ou esse - tem que ter outra edição. Tudo pensado milimetricamente.  Só poderia ter sido o sucesso que foi. Mais uma vez, parabéns! (Homero Rabelo, pediatra e nutrólogo)

Enquanto estudante, pude perceber a atuação profissional de forma multi e interdisciplinar, considerando a visão de sujeito com toda a sua especificidade e de uma forma geral, sem fragmentá-lo e reduzi-lo. O evento foi muito feliz ao convidar grandes mestres e doutores dos mais diversos campos de saberes, compartilhando de sua prática, o que fez desse momento uma experiência riquíssima! (Chany Rochelly, estudante de psicologia da FACHO e estagiária de educação especial na escola DESPERTAR)

Parabenizando a equipe do Ciclos da Vida pela realização da I Jornada. O evento foi maravilhoso, desde a organização até a escolha dos temas e dos palestrantes. Espero em breve participar de outro evento pelo Ciclos. (Adriana Vieira do Nascimento Silva, psicóloga)

Depoimento de Anna Raquel Freitas sobre Rodas de Conversa

A correria do dia a dia muitas vezes atropela, em nossa rotina, a solução dos problemas relacionados à educação dos nossos filhos. Encontrar o limite sem perder os momentos de amor e ternura em dias cheios de trabalho e atribulações não e fácil. A participação no Ciclos da Vida permite que tenhamos contato com outras experiências e, o que e melhor, propicia uma rica reflexão sobre o que estamos fazendo dentro de nossas casas, sobre como estamos agindo com nossos filhos. O diferencial do Ciclos da Vida não está em dicas matemáticas sobre a educação dos nossos filhos. Disso as redes sociais estão cheias. Na verdade, a experiência do Ciclos da Vida reforça a certeza de que não há receita pronta para educar e de que quando se tem amor se chega ao melhor caminho. As diversas experiências ali expostas, as boas e as más, ajudam muito quando precisamos pensar sobre nossas escolhas e sobre nosso modo de agir. (Anna Raquel Freitas, advogada)

Depoimento de Ana Paula Leão no Dia Mundial de Conscientização do Autismo

28/05/2012 essa é a data em que mundo mudou de cor. Hoje faço um trajetória de tudo que percorremos. Do susto inicial, o choro, o medo, a angústia, a falta de chão... Mas eu não poderia ficar nesse cenário, pois nada disso iria ajudar e foi com esse pensamento que guardei todas as minhas dores e decidi lutar com você e por você.

Sabemos o quanto ainda temos que evoluir, mas isso não importa, estamos juntas e isso faz toda a diferença.

Nesse nosso mundo AZUL onde não temos espaço para a maldade, a falsidade, a falta de amor, temos que conviver com uma sociedade que ainda não entende os seus gritos, as suas birras, a sua inquietação e que lança olhares de descriminação, ao mínimo deve pensar " Que criança sem educação!". É justamente nesses momentos que olho para céu e vejo que ele é perfeito porque é azul e não me importo porque nos criticam, essa sociedade não sabe das nossas limitações e muito menos entende o quanto é puro e lindo esse MUNDO AZUL.

Creio que haverá um dia onde a sociedade saberá entender você , para isso é necessário conscientizar.

As várias idas às terapias, as incansáveis leituras sobre, a infinita sensação de que sempre posso fazer mais, tudo vale a pena, por você sou incansável. 28/05/2012 já se passaram 2 anos e oito meses, que mudaram o meu ser, não teria como não mudar diante de tanto encantamento. Você me ensinou ser uma pessoa melhor. Meus preconceitos caíram, minha vaidade se foi e minha humanidade multiplicou, somos adeptos do fazer sempre o melhor.

O nosso futuro é uma incógnita, mas estaremos juntas!

Aqueles que conosco convivem sabem que você é minha vida e por ser minha vida falo que você é AUTISTA, precisam saber para entender você. Nunca pensei em não divulgar, isso não vai resolver. Precisamos informar para que a sociedade mude os olhares.

Hoje, ainda sofro com essa insegurança, mas me encanto a cada limite superado.

Tenho um ANJO AZUL ao meu lado e isso é uma dádiva. Ainda falta muito, mas nós vamos conseguir! Eu prometo!

MARIA FLOR, meu sonho, minha filha, minha vida entre altos e baixo minha razão de viver. Sempre estarei aqui para ser tudo o que você precisar!

Obrigada, Fabio BatistaJoana D'Arc LeãoJacqueline Barros, Maria do Carmo Camarotti, Adriana CastroAna Luiza Vasconcelos, Ana Paula Rayanne, por serem para Flor o que ela precisa.

>> A Organização das Nações Unidas (ONU) decretou todo 2 de abril como sendo o Dia Mundial de Conscientização do Autismo (World Autism Awareness Day), desde 2008.

Depoimentos – Jornada Ciclos da Vida

Alguns participantes da I Jornada do Ciclos da Vida, com Victor Guerra, que aconteceu nos dias 4 e 5 de novembro de 2011, deixaram comentários sobre os cursos e o palestrante. Confira: >> Maria do Carmo Camarotti (psicanalista e coordenadora geral do Ciclos da Vida): "Ainda estou sob o impacto da emoção e satisfação em ter escutado o psicanalista Victor Guerra durante este final de semana nos cursos que ministrou sobre sensorialidade e intersubjetividade... Victor tece uma teia mágica, onírica e faz dialogar: psicanálise, poesia e arte de uma forma única. Fomos todos contemplados com uma riqueza de conteúdos, embasamento teórico impecável, pautado numa prática clínica consistente e original.Tudo isto transmitido de forma poética, esteticamente impecável e prazerosa. Reinou durante a Jornada um clima de descontração e troca de saberes que foi oportunizado pelo interesse do publico e do palestrante em também aprender com as outras disciplinas ali representadas. Sinto-me realizada por tê-lo escolhido e trazido ao Recife, em nome do Ciclos da Vida.
Aqueles que tiveram o privilégio de escutá-lo podem testemunhar o prazer e seriedade com que Victor Guerra trabalha com bebês, crianças e seus pais e como é generoso em compartilhar o que vem construindo teoricamente há muitos anos.Na próxima semana será disponibilizado no site www.ciclosdavida.com alguns artigos seus. "   >> Gabriela Catarino (psicóloga clínica): "A I Jornada do Ciclos da Vida com o psicanalista Victor Guerra foi bastante interessante e pôde ter como diferencial a singularidade da temática apresentada de forma dinâmica através de  vídeos, filmes, casos clínicos e poemas, inter-relacionados com a prática clínica. Tudo isto possibilitou interessantes trocas entre os  profissionais  das áreas de psicologia, psicanálise,terapia ocupacional, fonoaudiologia, fisioterapia e educação."   >> Homero Rabelo (pediatra): Maria do Carmo Parabéns pelo Simpósio que você organizou com Victor Guerra. Você não tem ideia de como tudo o que ele falou estou aplicando diariamente no consultório: as questões de trabalhar presença x ausência, o olhar o olho-a-olho da criança, o apontar, o ritmo que deve existir entre a conversa com o bebê... Como foi engrandecedor. Obrigado por isso, sou um profissional muito mais atento, a partir de agora,  a esses detalhes que foram grandemente expostos para nós naqueles dois dias. Sempre acreditei que o pediatra vai além do medir e pesas mensalmente a criança no seu consultório. Estar atento ao desenvolvimento neuropsicomotor é tão importante quanto medidas antropométricas. Identificar precocemente desordens sensoriais, psíquicas, é o grande instrumento para darmos um melhor prognóstico às nossas crianças. Espero que este evento tenha sido o começo de uma série de outros. Parabéns mais uma vez pela vontade de propagar conhecimentos a nós, profissionais da saúde da crinaça/adolescente. Abraços e até breve.   >> Adriana Guerra (fonoaudióloga): Nós que trabalhamos em equipe cuidando de crianças com riscos no desenvolvimento tivemos a oportunidade de partilhar com Victor Guerra, um profissional experiente e humano, várias preocupações que quando solucionadas trarão um bem-estar muito maior no cuidado de crianças com problemas de sensorialidade.   >> Daniela Sotero (estudante de psicologia): Foi de um aprendizado e de uma soma indiscutível. A I Jornada do Ciclos da Vida veio pra abrir as próximas, com chave de ouro! O Ciclos da Vida começou seu ciclo, e começou com força, qualidade e, sobretudo, originalidade! E o que falar de Victor Guerra? Pensar em palavras para descrever os cursos ministrados por ele me faz perceber que ele me deixou sem elas! Se puder resumir o que levo de bagagem de suas palestras, diria que levo comigo, troca e aprendizagem. Victor Guerra "arte-culou" com a Psicanálise de maneira excelente!

Depoimentos para o Ciclos da Vida

Pessoas queridas, que acompanham, confiam e acreditam no nosso trabalho, nos deixaram depoimentos encantadores em homenagem aos primeiros passos do Ciclos da Vida. Confira: >> Vital Didonet "Cara Maria do Carmo, Estás criando um modo de viver, o cuidado original, super moderno: em redes e rodas, presenciais e virtuais. Tenham um foco, um eixo, que polariza desejos, ideias, experiências, buscas e criações. Fico contente ao saber que se vai delineando a figura... com o cuidado, ao pegar um punhado de terra argilosa e fazer um boneco, como Zeus soprando seu espírito de vida, como Tellus lhe cedendo de seu corpo a matéria que se torna animada e como Saturno/Cronos o nomeando... enfim, outra vez nas mãos de Cuidado, os Ciclos de Vida vão construindo sentidos, unindo pessoas, cuidando do Outro e também cuidando de si. Um abraço" >> Jullianne Oliveira "Venho aqui escrever sobre a inscrição dos primeiros passos do Ciclos da Vida ocorridos nesta semana em Recife. Seu lançamento, na quarta feira 10 de agosto de 2011, foi um momento de notória alegria de pessoas que construíram carreiras entrelaçadas diante de uma causa tão delicada: sofrimentos da vida humana. O convidado da noite, Vital Didonet, transmitiu de forma clara e suave questões pertinentes sobre o cuidado com a vida. No sábado, 13 de agosto, a psicanalista Cláudia Mascarenhas nos deu o privilégio de seu depoimento sobre os caminhos epistemológicos da clínica da primeira infância, intercalados com depoimentos de sua própria clinica que promoveram, a meu ver, um encantamento.  Sua maior contribuição foi mostrar que é uma clínica de detalhes, e que a sensibilidade da escuta é o que permite a construção de um caminho que permitirá aquela criança poder caminhar e criar seus próprios endereçamentos. Diante de uma estreia tão rica, fico no aguardo de outros belos encontros."   >> Irinéa Catarino terapeuta de família e prof da disciplina Família e Saúde do curso de Psicologia da UNICAP

"A palestra do Prof. Vital Didonet foi de grande importância porque resgata no imaginário popular, o verdadeiro sentido das funções parentais. Cuidar de uma criança é possibilitá-la enfrentar as dificuldades inerentes à existência humana sem recorrer ao mecanismo da dependência; é possibilitar o desenvolvimento de uma autonomia que leva em conta a existência do outro. Enfim, ser cuidador é servir de modelo identificatório sustentável para seu filho, para que este possa constituir-se como um ser humano capaz de convivência social e coletiva. Significativo foi estar neste encontro, promovido pelo 'Ciclos da Vida', pois ele facilita a transmissão do verdadeiro sentido do cuidar entre as diferentes gerações."

  >> Gabriela Catarino "A abertura do Ciclos da Vida com uma palestra de Vital permitiu vermos as fases que passamos pela nossas vidas e possibilitou refletir a verdeira natureza deste projeto! Proporcionar momentos em que podemos cuidar da vida do ser humano, trocar saberes e demonstrar sensibilidade/compromisso profissional!" "O curso sobre sofrimento das crianças com Claudia Mascarenhas foi maravilhoso. Claudia é uma profissional que se expressa muito bem e pôde compartilhar seus saberes e experiências com os que fizeram parte deste encontro de aprendizados vivos"